Nova câmera e compras na África do Sul

Viajar para a África sempre mexe com nosso imaginário, pois é ainda um destino exótico e pouco conhecido por nós brasileiros. Quando falava para os amigos e colegas que iria mochilar pela África, as reações, por mais diferentes que se apresentassem,  às vezes de alegria ou com uma pitada de preocupação, tinham sempre a mesma característica: estranhamento. Olhares e exclamações de indagação sempre permeavam as conversas. Um ponto de interrogação sempre pairava no ar. Para mim, isso também é verdade. O exótico quanto ao desconhecido aguçou a minha imaginação.
Sempre fotografei e escrevi sobre minhas viagens. Dessa vez, pensei que não poderia ir para a África (um destino “exótico”) e apenas fotografar e escrever. Tinha também de filmar. Registrar a vida, as cores, os tambores e movimentos africanos.
Então, antes de sair do Brasil, vendi minha antiga câmera digital, que só fazia fotos, a Rebel XTi 400,  e comprei a minha nova Canon aqui, a Rebel T2i 550D, que também faz vídeos.
Os preços não são tão competitivos em relação aos do Brasil. Paguei cerca de 11.000 rands (a moeda local) na Canon
T2i, que dão 2.750 reais (o câmbio gira em torno de 1 real = 4 rands). A grande vantagem foi encontrar o último modelo da nova versão da Rebel com vídeo, que ainda não se encontra disponível no site da Canon do Brasil. O preço torna-se mais competitivo no retorno para a casa, quando é devolvido ao turista o imposto de 14% embutido no valor final da mercadoria. Assim, a Rebel T2i custará para mim cerca de 2.400 reais.Clyde Paulsen, convincente vendedor
Para compra acima de 3.000 rands, a aduana sul-africana exige, para a devolução do imposto, que os dados do comprador, nome e endereço no seu país, estejam apontados na nota fiscal. Isso é necessário para um única compra acima desse limite. A identificação do comprador na nota fiscal não é exigida para várias compras de pequena monta, mesmo que ultrapassem o limite de 3.000 rands.
Como desconhecia a existência do último modelo da Rebel com vídeo, não sabia de suas especificações. O vendedor, Clyde Paulsen, apaixonado também por fotografia, me explicou com detalhes todas as diferenças entre a T1i e a T2i. Após quase 1 hora na loja, Clyde me convenceu, com a sua simpatia e argumentação, a comprar a T2i. No meu caso, isso não é muito comum. Sou daquelas que pesquiso muito antes de comprar algum produto. Quero ter certeza do custo-benefício. Só gostar de comprar coisas necessárias e  úteis. Faço questão de publicar a foto de Clyde porque ele foipatient and Kind to me. “Repeat, please”, eu disse várias vezes. Ele repetiu, repetiu e repetiu, com um semblante sempre sorridente. Você já pode imaginar o que é explicar as funções técnicas de uma câmera in English para uma brasileira que doesn’t know English?!! (risos)
At the end, feliz com meu novo brinquedinho!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: