Eu amei a Tanzânia

Eu amei a Tanzânia. Os africanos da Tanzânia são muito amáveis, sorridentes, prestativos. Adoram uma conversa. Passei um mês lá. Só encontrei simpatia e gentileza no meu caminho. Posso ser uma menina de sorte… mas acredito que todas as pessoas bacanas, que encontrei, não são frutos somente da sorte. Os olhares e sorrisos amigos, para mim, foram reais. É um pequeno recorte de um povo gentil e pacífico.

Adorei a diversidade cultural e a beleza natural da Tanzânia. Em Zanzibar, tive uma pequena introdução ao mundo mulçumano. Desfrutei das águas quentes e azuis-turquesa do oceano índico. Lá, encontrei também um pouco do Brasil, dançando com os africanos nas full moon parties, assistindo aos shows acrobáticos, cujos movimentos se assemelham muito à capoeira. Em Arusha, embora a cidade assuste num primeiro momento, muita gente na rua, ambulantes, transeuntes, o guarda do caixa eletrônico sempre era simpático comigo, puxava assunto e falava que eu era muito bem-vinda. Em Moshi, a mesma coisa, a simpatia do povo ofusca a primeira impressão com o caos e pobreza da pequena cidade. Andava na rua sozinha e todos me cumprimentavam com um sorriso no rosto e uma gratuidade no olhar. Sempre ouvia perambulando pelas ruas: “Mambo” (“olá” em Swahili). “How are you? my sister”. Senti-me muito segura e acolhida mochilando sozinha na Tanzânia.

Amei este país e a hospitalidade do seu povo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: