Meu aniversário

Dia 24 de agosto foi meu aniversário. Apenas 36 aninhos!! 

Agora, de fato, me sinto uma balzaquiana. Estou mais para os 40s do que para os 30s… ai… ai… ai…  risos.

Curti meu aniversário by myself. Isto é, sozinha.

Leitores, não quero tirar onda, nem sou daqueles brasileiros que só valorizam o estrangeiro relegando a nossa língua e cultura. Mal sei Inglês bem. Ainda estou aprendendo. Ainda não tenho fluência. E, agora, mal sei Português também. Misturo tudo! (risos) Vez e outra me pego falando “about” no lugar de “sobre”. É muito engraçado. Uma miscelânea linguística.

Well…risos, curti meu aniversário sozinha. De manhã, fui à escola de inglês, que eu adoro. Adoro minhas professoras, meus colegas de classe. As aulas são realmente proveitosas (aprendo bastante) e divertidas. Quando não vou à escola por algum motivo, sinto falta do ambiente da sala de aula. De tarde, tomei coragem e fui ao salão de beleza!! Há 6 meses não botava meus pés num salão. Uma mulher, de fato, não pode viver sem isto! Não somos nada sem um salão de beleza! (risos) Fiz o pé, a mão. Depilei as pernas. Que alívio!! Outra mulher!!!

Depois, lá por umas 5 da tarde, tomei um expresso by myself (risos). Curto tomar um expresso sozinha, sentar num café com um olhar distante e pensativo. A mente?! Trabalhando, trabalhando… Sem parar.

Adoro as pessoas, adoro o ser humano, a humanidade, mas adoro também estar sozinha, tirar um tempo só para mim. Preciso disto. Preciso disto para me equilibrar. Sentir eu mesma. Acho que todos nós precisamos de um tempo só nosso, né?

Esqueci de contar. No almoço, preparei minha comida. É verdade! Tudo bem que comprei o frango assado no supermercado, mas eu preparei a mesa! Para mim, isto é uma façanha! (risos) Arrumei a salada com alface e tomate numa travessa de porcelana. Coloquei o frango em outra travessa. Pão ciabatta para acompanhar. Azeite e sal. Perfeito! Um banquete. Ah! E claro! Vinho! Comprei Shiraz em homenagem à Natasa, que adora esta uva, e à memória do “Meu Lar Doce Lar” na Arthur’s Road 23. Convidei Bianca para almoçar comigo. Não contei para ela que era meu aniversário. Bianca é a minha baby sister (risos). Ela foi a baby sister do casal que alugava o apartamento antes de mim. Eles partiram antes do fim do contrato de aluguel. Eu apenas estou cobrindo o último mês do contrato. O casal pediu à proprietária deixar a Bianca morar lá até o fim do contrato. A proprietária concordou e Bianca está lá comigo, morando no quarto de empregada. Bianca é da paz. Gente boa. Gosto da energia dela.

De noite, fiquei em casa, bebi o resto da garrafa de vinho do almoço ao som de Tim Maia, Marisa Montes e Maria Rita. Foi the best. Muito bom mesmo… Really! Lá por umas dez da noite, fui para cama. Dormi um sono sereno… tranquilo… feliz. 🙂

Na verdade, na verdade… claro que eu curto estar sozinha, curto muito… mesmo!

Mas eu curto muito muito muito festa!

Celebrar!!

Eu estava gripada e não podia ir para a rua, tinha de descansar e recuperar as energias.

Eu poderia fazer uma festinha lá em casa. Não seria um problema para minha gripe, mas o fato é que depois do jantar “inocente” (risos) lá em casa com alguns amigos, a proprietária me ligou enfurecida, querendo me expulsar no dia seguinte do apartamento, por causa do barulho…actually, da nossa alegria!! Os vizinhos, em sua maioria na casa dos 60 anos, reclamaram a lot…!! Agora estou pianinho…quietinha… Infelizmente… humm 😦

Eu adoro ficar sozinha, mas não dispenso uma festa!! Quem me conhece, sabe. Comemoro meu aniversário durante o mês inteiro.

Mas foi bom. Um aniversário diferente. Reflexivo e também feliz.

A vida é assim. Feita de momentos. Um diferente do outro.

O importante é estar inteira em cada momento.

Isso é viver.

Agradeço os amigos pelas mensagens no Facebook, pelo carinho, que é uma manifestação de amor.

Isso é vida!

Amar

Amor…

Amar ! !

A vida, a humanidade não faz sentido sem amor!

Um beijo e um abraço apertado em todos vocês, pessoas queridas que dão sentido à minha existência.

Grata!

Michelle

Agora, querendo ser Glória! me transmutar em Glória!

Beijo e abraços!

Glória!

risos…

Ps: Durante 35 anos eu fui chamada de Michelle, não que eu não goste da Michelle, que eu não goste da minha história, da minha vida anterior, mas quero mudar algumas coisas, me libertar… E agora… nos meus próximos anos de vida, gostaria de ser chamada de Glória! Como um renascimento. Mudar de nome é simbólico. Um marco. Divisor de águas. Uma nova sonoridade. Gosto dos acordes da Glória.

Assinado Glória!!

By Glória!! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: